Especies de Rosas do Deserto e Variações-Como cultivar Rosas do Deserto

Tempo de leitura: 4 minutos

Tipos de rosas do deserto: Especies de Rosas do  Deserto e Variações – Como cultivar Rosas do Deserto

  1.  Adenium Obesum
  2. Adenium Multiflorum

  3. Adenio Somalense
  4. Adenium Socotranum
  5. Adenium Arabicum
  6. Adenium Oleifolium
  7. Adenium Boehmianum

 

Especies de Rosas do Deserto e Variações. Os cientistas debatem para descobrir quantas espécies selvagens existem de Adenio. Alguns cientistas acreditam que exista apenas uma espécie de Adenio e várias subespécies ou variedades. Mas os Adenios selvagens variam dramaticamente.

Variações da Espécie:

Especies de Rosas do deserto: Adenio Obesum: 

Tipos de rosas do deserto
rosa do deserto com flor rosa

Uma espécie altamente variável com uma vasta gama de formas de plantas, folhas e flores. Geralmente auto esterilizado, embora alguns clones estabeleçam semente quando estão sozinhos. As folhas podem ser pequenas ou grandes, lisas ou com pêlos finos. Seu Crescimento compacto torna o Caudex curto e gordo, alto e estreito com flores de cores variadas que vai do branco puro até o típico rosa chegando ao quase preto.

Especies de Rosas do deserto: Adenium Multiflorum

Tipos de rosas do deserto

Alguns tipos de rosas do deserto são confundidos com outros. O adenium Multiflorum por exemplo é frequentemente confundido como uma variedade de Adenio Obesum, mas é bem diferente de muitas maneiras. É provavelmente a segunda espécie mais fácil de ser encontrada. Geralmente, tem o tronco (Caudex) mais estreito do que o Adenium Obesum, e é uma espécie decidual com dormência obrigatória no inverno e floresce de maio a agosto.  As flores são abundantes e, possivelmente, o mais impressionante de todo o grupo. As pétalas são afiadas em forma de estrela, de vermelho brilhante e de diferentes larguras que é nitidamente delimitada a partir das partes brancas interiores.

 Tipos de Rosas do Deserto: Adenio Somalense

Tipos de rosas do deserto-3

Adenio Somalense é outra espécie variável. Ocorre desde o sul da Somália, Quênia e na Tanzânia. Na Somália e áreas adjacentes do Quênia as plantas de ocorrência natural e alcançam até 15 metros de altura, com troncos maciçamente inchados.

Em outras áreas, é mais arbustiva e semelhante ao Adenio Obesum. As flores são um pouco menores, mas semelhantes ao Adênio Obesum. O Adenio Somalense de variedade Crispum, forma um grande caudex espesso, onde crescem algumas hastes delgadas, geralmente com menos de 1 metro de altura. As flores são menores do que a maioria de outras espécies de adenios, mas com lindas listras vermelhas e brancas. É muito utilizado por bonsaistas e muito difícil de ser encontrados em viveiros comerciais.

Tipos de Rosas do Deserto: Adenium Socotranum

Tipos de rosas do deserto5

O Adenio Socotranum é o mais raro de todos. É uma espécie endêmica da ilha de Socotra no Oceano Índico ao sul da península Arábica e do leste do Corno de África e que pertence ao Iêmen. É o gigante do grupo, com troncos maciços de até 10 metros de altura e 8 metros de diâmetro! Por muitos anos, Socotra hospedou um porto naval soviético e nunca permitiu a disponibilidade de plantas e sementes fora dos limites da ilha.

Nos últimos anos, as visitas a ilha ficaram mais acessíveis, mas as autoridades são muito protetoras dos recursos naturais e a coleta de plantas e sementes é considerada ilegal.

Adenio Socotranum ocorre aos milhares na ilha, mas pouquíssimos exemplares da espécie existem fora dela e por isso são caras e raras de se encontrar. É bom explicar que o Socotranum tailandês, chamado de Thai-Socotranum, não é o Adenium Socotranum nativo de Socotra, e sim um híbrido resultado de cruzamentos entre espécies.

Tipos de Rosas do Deserto: Adenium Arabicum

Tipos de rosas do deserto-7

Adenio Arabicum, como o próprio nome sugere, vem da Península Arábica, especialmente a Arábia Saudita e o Iêmen. Isto é pouco estudado e é possível que na verdade existam duas plantas diferentes provenientes dessa área. Em seu ambiente natural, na Arábia Saudita, é bastante alto, até 8 metros, e um pouco semelhante a Adenio Somalense. A outra forma é baixa, com ramificação um pouco reclinada e base do caudex esférico com 2 metros de diâmetro.

 Tipos de Rosas do Deserto: Adenium Oleifolium

Tipos de rosas do deserto-9

Adeniuo Oleifolium é outra espécie menor, com um metro de diâmetro do caudex e ramificação de até dois metros de altura. É nativa do deserto de Kalahari, ao sul de Botswana, Namíbia e norte da África do Sul. É uma espécie de crescimento lento com flores relativamente pequenas. Não é muito cultivada em viveiros, devido suas flores serem muitos pequenas , mas é muito importante para trabalhos de hibridização.

Adenium Boehmianum

Adenium Boehmianum é originária do noroeste Namíbia e sul de Angola. É uma espécie de crescimento lento, e leva vários anos para florescer. As flores são de rosa pálido e uniforme parecidas com as do swazicum e sua floração acontece de novembro a maio. O caudex e a ramificação possui uma coloração prateada e a exemplo de swazicum, também tem folhas caducas que tem a coloração verde-acizentada e dobrado ao longo da nervura central. A seiva é usada como veneno de flecha e suas folhas são usadas para fazer uma pomada que alivia a dor causada por picadas de cobra e de escorpião por tribos nativas do sul da Namíbia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *