Rosa do deserto Preta

Tempo de leitura: 2 minutos

  1. Rosa do deserto Preta – Existe ou não?

rosa do deserto preta
Uma Rosa do Deserto preta

Você já ouviu falar em rosa do deserto preta, você acredita mesmo que exista rosa do deserto preta? Neste artigo você vai ficar sabendo se existe ou não essa rosa do deserto, mas antes que você tenha essa resposta eu preciso te explicar com detalhes todos os fatos que implicam essas dúvidas, portanto leia esse artigo até o final.

De fato rosas do deserto preta, para chegar aos padrões escuros dependem de um elemento químico chamado antocianina, que nem sempre está presente na composição das plantas. Somente uma pequena parte delas possuem altas taxas dessa substância e dessa forma conseguem formar pétalas mais escuras. Por outro lado, a cor preta praticamente não existe. Em geral,  as rosas do deserto pretas  mostram em seu miolo uma segunda cor, como o vermelho, carmim, violeta ou um tom roxo escuro.

A antocianina ou antocianidina são pigmentos pertencentes ao grupo dos flavonóides responsáveis por uma grande variedade de cores de frutas, flores e folhas como o vermelho-alaranjado, vermelho vivo, roxo, violeta e azul.

2- Rosa do deserto Preta – Antocianinas

rosa do deserto preta
Uma linda Rosa do deserto preta

As antocianinas podem apresentar diferentes formas estruturais, as quais podem assumir diferentes colorações. Essas formas podem sofrer interferências de diversos fatores, destacando-se entre eles a temperatura, o nível do pH e possíveis ligações com outras substâncias químicas. No entanto, o pH é o fator que mais influencia na coloração das antocianinas devido a um ambiente mais ácido ou mais alcalino.

Por meio da hibridação, ou seja, da polinização é possível criar variações de rosas do deserto chegando a exemplares mais escuros.

3- Rosa do Deserto Preta – Conclusão

Uma rosa do deserto preta

Eu lamento decepcioná-lo, mas rosa do deserto negra não existe de fato, o que existe são rosas com colorações mais puxadas para o roxo escuro ou violeta escuro. Entretanto continuaremos chamando essas rosas escuras de rosas do deserto preta, e ponto final.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *